Mulheres Que Amam Demais Anônimas


Respondendo aos Comentários

Enviado em Comentários,MADA por Grupo Mada em novembro 21, 2007

Pessoal, desculpa pela ausência e por demorar a responder aos comentários, mas é que está muito difícil para eu atualizar, visto que poucas pessoas que são cadastradas no blog estão fazendo as suas atualizações. Eu estou praticamente só para responder os comentários e ajudar o pessoal a achar a solução dos seus próprios problemas. Recebemos mais de 3 mil visitas desde que este grupo começou, ou seja, em 5 meses de blog. Portanto, me desculpem pela demora e se alguém quiser colaborar, por favor me avise, que eu faço o cadastro aqui no blog, ok? Um abraço a todos.

Licia

“Por favor, me ajudem, eu preciso muito me libertar desse problema que tenho, devido á uma decepção, eu acabei me tornando uma mulher doente, ciumenta e estou a ponto de perder meu grande amor, devido ás loucuras que tenho nas minha imaginação. Por favor preciso ir ás reuniões de voçês,gostaria de obter os números de telefone para contatos.

Agradecida

Uma mulher que só quer ir á luta contra uma doeça, que tomou conta de mim, de minha vida, da minha mente! Por favor me ajudem!!!”

Olá Licia,

você está no caminho certo, pois deseja lutar contra esta doença que quer dominar a nossa vida e os nossos sentimentos. Você é de que cidade? Consulte os endereços do MADA no Brasil e em Portugal: Consulta de endereços

João Paulo

“sofri muito ocm um relacionamento que nao me deixa seguir em frente, apesar de transparecer alguns sintomas, creio que faço sem perceber. no começo ela me amava de mais, hoje é o contrario. tem algumgrupop/ homens?

grato
João Paulo”

Olá João Paulo,

obrigada pelo seu comentário. Existe sim um grupo para homens, é o HADA e só sei que as reuniões são em São Paulo, você é de que estado?

Juliana
“Pessoal não é de hoje que eu percebo que meus relacionamentos nunca dão certo. A principio eu não me apaixona pela pessoa com quem estou junta, a pessoa me conquista aos pouco com o jeitinho dela, mas depois que eu começo a gostar viro uma pessoa extremamente ciumenta, possessiva e o pior agressiva, já cheguei a agredir fisicamente meus ex-namorados para que eles não me deixasse sozinha, o mais engraçado de tudo é que eles aceitam essa agressão e voltam a ficar comigo. Isso se estende por muito tempo e eu não aprendo nunca com a situação, atualmente estou solteira depois de praticamente ‘’matar meu ex-namorado” fiz com que ele fosse parar no hospital. Não consigo aceitar que ele me fale não ou que ele não me quer mais, acho que do mesmo jeito que eu gosto dele, ele tem que gostar de mim, sinto que isso já passou dos limites. Quero poder viver bem nem que seja solteira, mas pelo menos sorrir e não me preocupar com nada.
Gostaria que vcs entrassem em contato comigo.”

Olá Juliana,

você é uma mulher que ama demais. Mas fez muito bem em procurar ajudar, antes de mais nada você está focando na pessoa errada. Antes de amar alguém precisamos nos amar primeiramente, porque a presença e o amor do outro é só um complemento. Entende? Não devemos nos sentir dona nem submissa ao amor de ninguém. Entre em contato conosco: contatomada@gmail.com

Um abraço.

Patricia

“Bom dia
Sou casada a 24 anos e hoje, devido aos problemas que eu e meu marido passamos no decorrer dos últimos 7 anos, acredito estar com sérios problemas, no que diz respeito a minha auto-estima e ao relacionamento com meu marido.
Hoje, ele me trata como se eu fosse um “pano de chão”, que ele usa de vez em quanto e joga no tanque quando não precisa mais.
Pelos comentários que li, o grupo mada, ajuda mulheres que já terminaram seus relacionamentos e não às mulheres casadas com problemas.
Preciso de ajuda e sinto que a filosofia que este grupo segue, me ajudaria bastante.
Obrigada”

Olá Patrícia,

a filosofia manda tenta abranger todas as mulheres que sofrem por amor, porque amam demais o outro e esquecem de amar a pessoa mais importante na relação, que é a si próprio. Como a procura é grande nos casos de final de relacionamento, ultimamente temos postado bastante conteudo sobre este ponto. Mas o seu caso também faz parte do MADA e você está caminhando até bem, porque é uma pessoa que consegue enxergar onde está havendo problemas, percebe a auto-estima baixa e o comportamento prejudicial que o seu marido toma. Você tem filhos? Já se perguntou se você merece continuar numa relação assim? Já conversou com seu marido a respeito desses probleminhas? Qual a opinião dele? Envie-nos um email: contatomada@gmail.com

Patricia

“oi, sou de niteroi, estou precisando urgente de ajuda, estou em um relacionamento de 18 anos que não me levou a nada e amo mais ele do que eu, minha vida tá estagnada, penso no nosso relacionamento 24 horas, já terminamos milhoes de vezes mas acabamos voltando , quero ter minha vida de novo, uma nova vida e me sinto sem forças, sem rumo, por favor, me de endereço de niteroi as reuniões, em quais lugares tem e o tel de lá , aguardo notícias. obrigada”

Olá Patrícia,

pelo que entendi seu namoro anda bastante desgastado. Olha, o endereço de Niteroi:

  • Grupo MADA NITERÓI-ALCÂNTARA
    Praça Carlos Gianelli s/n – Centro de Alcântara – Niterói
    Igreja São Pedro de Alcântara – sala 5
    Reunião: 4ªfeira das 19h30 às 21h30
    (aberto em 23/02/2005)
  • Grupo MADA NITERÓI-SANTA ROSA
    Rua Santa Rosa, 216 sala 303 – Bairro Santa Rosa – Niterói
    (no anexo Dom Bosco, em frente ao Colégio Salesiano)
    Reunião: 5ª feira das 19h30m às 21h30m
    (aberto desde 2003)

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 28 outros seguidores