Mulheres Que Amam Demais Anônimas


MADA

Posted in MADA por Grupo Mada em dezembro 27, 2007

Olá meninas, mais uma vez venho aqui para pedir desculpas pela demora. Bom, vamos ao que interessa, eu sou uma MADA em recuperação são 9 meses de fim de relacionamento e eu posso dizer francamente hoje, que foi muito bom para este fim. Não que isso seja a solução para o relacionamento de vocês, afinal cada caso é um caso. No meu, por exemplo, eu fui vitima de uma pessoa louca, viciada que me usava como escudo para suas loucuras e eu apaixonada não enxergava o mal que esta pessoa me fazia. Sofri muito no começo, não imginava viver sem esta pessoa, mas hoje eu tenho a plena certeza que posso viver sim, porque a pessoa mais importante na minah vida, sou eu mesma. E eu me esqueci, me apaguei, me enganei, me iludi, me sufoquei, me machuquei, me decepcionei, mas acordei a tempo de ressuscitar meu ‘eu’ que estava sufocado. Eu existo, vocês existem. Eu posso, vocês podem. Eu consegui, vocês também conseguem. É preciso coragem, força de vontade, pensamento positivo, querer mudar. Porque ninguém muda ninguém, você que escolhe seus próprios caminhos, vocês que tem que decidir a hora e como mudar. Parem, pensem, fiquem em paz consigo mesma.

Eu aconselho a todas vocês que estão sem rumo, sem vontade de viver, sem forças que procurem ajuda nos grupos MADA e também a um psicoterapeuta ou a um psiquiatra. Vamos parar com este pensamento de achar que psiquiatra é coisa de louco, não é não, psiquiatra é uma especialidade como outra qualquer que cuida com pessoas que estão com problemas que afetam a sua maneira de pensar, depressão, enfim, procurem ajuda. Estou fazendo tratamento com ambos e estou me sentindo muito bem nos 9 meses de tratamento. Boa sorte à todas e volto aqui numa outra hora para responder os 11 comentários pendentes.

Um abraço.

Próxima Página »

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 37 outros seguidores